Incriado de Deus


"Eu sou o Incriado de Deus, o que não pode fugir à carne e à memória
Eu sou como o velho barco longe do mar, cheio de lamentações no vazio do bôjo
No meu ser todas as agitações se anulam - nada permanece para a vida
Só eu permaneço parado dentro do tempo passando, passando passando..."

(Trecho de O Incriado de Vinícius de Moraes, Livro: O Mergulhador)

Comentários